SÃO PAULO - Com a recuperação da economia doméstica na China, as vendas no varejo devem crescer 16% em 2010, na comparação com o ano passado, estimou o Ministério do Comércio do país asiático. A aceleração da urbanização irá impulsionar o consumo, assim como melhorias no bem-estar social da população. As vendas reais (descontada a inflação) no varejo da China aumentaram 16,9% no ano passado, em relação a 2008. O consumo contribuiu com 4,6 pontos percentuais, ou 52,5%, para o crescimento de 8,7% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado, revelaram dados da Agência Nacional de Estatísticas. As informações são da agência estatal Xinhua.

SÃO PAULO - Com a recuperação da economia doméstica na China, as vendas no varejo devem crescer 16% em 2010, na comparação com o ano passado, estimou o Ministério do Comércio do país asiático. A aceleração da urbanização irá impulsionar o consumo, assim como melhorias no bem-estar social da população. As vendas reais (descontada a inflação) no varejo da China aumentaram 16,9% no ano passado, em relação a 2008. O consumo contribuiu com 4,6 pontos percentuais, ou 52,5%, para o crescimento de 8,7% do Produto Interno Bruto (PIB) no ano passado, revelaram dados da Agência Nacional de Estatísticas. As informações são da agência estatal Xinhua. (Karin Sato | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.