Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vendas no varejo aumentaram 0,1% em junho nos Estados Unidos

Washington, 15 jul (EFE).- As vendas no varejo registraram uma leve alta de 0,1% em junho nos Estados Unidos comparado ao mês anterior, apesar das devoluções fiscais no valor de US$ 91 bilhões realizadas pelo Governo para estimular a economia.

EFE |

Os analistas previam um aumento de 0,4% em junho, depois do aumento de 0,8% registrado em maio, segundo o consenso de 81 economistas elaborado pela "Bloomberg".

Os americanos compraram menos automóveis, aparelhos eletrônicos e material de construção, alinhado ao aumento dos preços do gasóleo, segundo o indicador do Departamento de Comércio divulgado hoje.

Excluindo as vendas de automóveis, o aumento do negócio no varejo foi de 0,8% em junho.

A venda de peças para automóveis diminuiu 3,3%, a de material para a construção, 0,9%.

A venda de roupas subiu 0,6%, e a de gasolinas teve alta de 4,6% em junho.

Os analistas estimavam que a despesa aumentaria muito mais em junho, já que os americanos receberam os cheques do Governo devolvendo parte de seus impostos, como parte do pacote de estímulo econômico aprovado em fevereiro.

No total, o Departamento do Tesouro enviou nas últimas onze semanas US$ 112,4 milhões em devoluções aos contribuintes, o que soma US$ 91 bilhões que seriam injetados na economia americana pelo consumidor.

O Departamento de Comércio também informou hoje que os estoques das empresas aumentaram 0,3% em maio, uma alta menor que o 0,5% que muitos economistas esperavam.

De fato, foi o menor aumento desde abril, quando os estoques subiram apenas 0,2%.

Este dado poderia indicar, segundo os analistas, que muitas empresas estão mais cautelosas ao guardar em seus depósitos mais material do que o necessário, devido à frágil situação econômica nos Estados Unidos. EFE cae/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG