Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vendas mundiais de smartphones crescem 28% no terceiro trimestre

SÃO PAULO - As vendas mundiais de celulares inteligentes (smartphones) cresceram 28% no terceiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período de 2007. No total, foram comercializados 39,9 milhões de aparelhos do gênero, segundo dados da consultoria Canalys.

Valor Online |

A expansão já era esperada e a surpresa, no entanto, foi o forte crescimento da participação da Apple, que tomou o segundo lugar no ranking das maiores empresas do setor da Research in Motion (RIM), que fabrica os telefones BlackBerry.

Segundo a consultoria, as vendas de quase 40 milhões de smartphones significavam 13% do mercado total de telefones celulares, dois pontos percentuais a mais do que representavam no trimestre anterior.

Entre os meses de julho e setembro deste ano, a empresa fabricante do iPhone vendeu 6,8 milhões de aparelhos, um crescimento de 523% em relação aos 1,1 milhão comercializados nos mesmos meses de 2007. Com isso, ela suplantou a RIM, que embora tenha crescido 83,5% no mesmo intervalo, vendeu 6 milhões de telefones.

A expansão da Apple é ainda mais significativa pelo fato de ela ter entrado no mercado de telefones apenas no ano passado. De lá para cá, a empresa lançou apenas dois modelos de seu iPhone - com tecnologias GSM e de terceira geração (3G) - com duas configurações cada.

"Era esperado que a Apple iria figurara entre os líderes do mercado de smartphones nesse trimestre, era só uma questão de quão alto chegaria - e isso é impressionante", afirmou o analista da Canalys, Pete Cunningham. Ele ainda afirmou que, embora tenha perdido o segundo posto no ranking, o desempenho da RIM também é digno de nota. "Essa também é uma performance tremenda, especialmente considerando os atrasos no lançamento do BlackBerry Bold", afirmou.

Embora tenha mantido a liderança do mercado, a finlandesa Nokia foi a única entre as cinco maiores que apresentou retração em suas vendas no trimestre. Ela comercializou, entre julho e setembro, 15,4 milhões de aparelhos, 3,4% menos que no mesmo período do ano passado.

A participação de mercado da Nokia, com isso, caiu de 51,4% no terceiro trimestre de 2007 para 38,9% neste ano, sendo que a Apple viu sua fatia crescer de 3,6% para 17,3% e a RIM de 10,6% para 15,2%.

"Com a competição no segmento de smartphones esquentando, ser capaz de introduzir melhoras de tecnologia e de interface de usuários rapidamente é crítico", disse Tim Shepherd, também analista da Canalys.

(José Sergio Osse | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG