Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vendas do varejo paulistano têm sua 1ª queda trimestral desde 2002

As vendas do comércio varejista na região metropolitana de São Paulo sofreram queda de 7,4% no último trimestre do ano passado, na comparação com o mesmo período de 2007.

Agência Estado |

 

Esse foi o primeiro índice trimestral negativo apurado pela Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista desde 2002, informou hoje a Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP).

Apesar da expressiva queda, o faturamento do setor registrou nos 12 meses de 2008 crescimento de 1,7% em relação a 2007. Para o presidente da entidade, Abram Szajman, o desempenho mostra que os impactos da crise financeira mundial afetam todos os setores produtivos com intensidade e rapidez "muito além da prevista". "O ciclo de prosperidade vivenciado nos últimos anos chegou ao fim", declarou. Para 2009, a expectativa da Fecomercio-SP é de um volume de vendas inferior ao do ano passado.

No último mês do ano, as vendas do comércio varejista apresentaram queda de 6,8% no contraponto com o mesmo mês de 2007. O setor que mais influenciou a retração mensal foi o de Concessionárias de Veículos, com -13,7%, embora a queda registrada por Supermercados (-9,5%) tenha sido determinante para o resultado negativo por conta da grande participação do segmento no varejo.

Leia tudo sobre: varejo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG