SÃO PAULO - As vendas mundiais de semicondutores aumentaram 5,5% em agosto na comparação com igual mês do ano passado, e somaram US$ 22,7 bilhões. Em relação a julho, as vendas cresceram 2,4%, segundo a consultoria SIA.

No acumulado do ano até agosto, o valor das vendas soma US$ 170,2 bilhões, uma expansão de 4,5% ante igual período do ano passado.

"As vendas globais de semicondutores seguiram fortes em agosto", afirmou o presidente da SIA, George Scalise. "As vendas de computadores pessoais e aparelhos celulares continuaram a ser os maiores motores da demanda. A manutenção da pressão sobre os preços de memórias em estado sólido, porém, limitou um pouco o crescimento médio da indústria", acrescentou.

Scalise notou que, excluindo os componentes de memória, as vendas da indústria subiram 11,4% em agosto frente a igual mês de 2007.

Em documento, a consultoria cita um relatório do banco Crédit Suisse, que mostra que as vendas mundiais de PCs devem crescer mais de 13% neste ano. Com uma elevação de 9,1% nas vendas em agosto, houve uma pequena retração no ritmo em relação à taxa observada em julho. As vendas de celulares permanecem fortes, especialmente em mercados emergentes e devem crescer cerca de 10% em 2008.

"Com as compras dos consumidores agora puxando mais de metade das vendas de semicondutores, a confiança deles é essencial para toda a cadeia de suprimentos do setor de tecnologia mundial", afirmou Scalise. Ele acrescentou que "é essencial, portanto, que o Congresso aja rapidamente para restaurar a estabilidade do sistema financeiro dos EUA".

(José Sergio Osse | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.