Tamanho do texto

As vendas de automóveis novos de todas as marcas caíram em setembro em relação ao mesmo mês de 2007, informaram nesta quarta-feira as montadoras americanas.

As vendas da General Motors (GM) caíram 15,8%, com um total de 284.000 unidades vendidas, contra 337.640 um ano atrás.

A maior queda foi a de veículos pesados (todo terreno e pickups), cujas vendas encolheram 19,8%.

Muito pior do que a GM ficou a situação da número dois dos Estados Unidos, Ford, que sofreu uma queda em suas vendas de 34% em setembro em comparação ao mesmo mês de 2007, segundo o comunicado divulgado pela empresa.

A Ford vendeu um total de 116.734 unidades, contra 176.204 um ano antes. A empresa ressaltou que esses números são os mais baixos do ano para ela e para todo o setor automobilístico dos Estados Unidos.

A montadora vendeu 19,4% menos automóveis (40.453 unidades) e 39,5% menos veículos pesados (76.281 unidades).

Na Chrysler, cujas vendas caíram 34% para os veículos pesados e 29% para os automóveis de passeio, o presidente Jim Press prometeu estimular seus clientes com "financiamentos inovadores".

Já a japonesa Toyota divulgou uma queda nas vendas de 29,5%, com 144.260 veículos vendidos contra 213.042 em setembro de 2007. A maior queda ocorreu com seu modelo de luxo Lexus, com 29.281 unidades vendidas nos Estados Unidos (-33,4%).

As vendas de carros de passeio caíram 23,7%, para 78.912 unidades, enquanto que as de veículos pesados caíram 35,4%, com 55.918 unidades vendidas.

chr/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.