Tamanho do texto

Faturamento do setor foi de R$ 6,245 bilhões no mês, segundo dados da Abimaq

O faturamento da indústria brasileira de máquinas e equipamentos cresceu 0,87% em agosto, na comparação com igual período de 2009, informou nesta quarta-feira a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

No total, as vendas do setor somaram R$ 6,245 bilhões, o que corresponde a um incremento de 1,92% sobre o faturamento apurado em julho. Com isso, o faturamento somou R$ 46,878 bilhões, 12,8% acima do montante de um ano antes.

O balanço da entidade também mostra que as exportações da indústria nacional de bens de capital mecânico alcançaram US$ 827 milhões em agosto, um salto de 41,3% ante as vendas externas do mesmo mês de 2009.

Na mesma base de comparação, as importações de máquinas e equipamentos no país dispararam 88,8%, para US$ 2,627 milhões. No ano, esse setor tem déficit comercial de US$ 9,873 bilhões, como resultado de um crescimento de 27,72% das importações, que somaram US$ 15,538 bilhões de janeiro a agosto.

Com desempenho mais tímido, as exportações cresceram 13,9% nesse período, somando US$ 5,665 bilhões. Segundo a Abimaq, a utilização da capacidade instalada em agosto foi de 83,7%, praticamente no mesmo nível registrado em julho (83,6%). Entre julho e agosto, a ocupação nesta indústria marcou alta de 0,5%, atingindo 248,843 mil pessoas empregadas, já se igualando ao patamar de agosto de 2008, período anterior à fase mais crítica da crise financeira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.