Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vendas de computadores crescem 31% no primeiro semestre, diz Abinee

SÃO PAULO - O mercado brasileiro de computadores continua apresentando fortes taxas de crescimento, beneficiado pelo aumento da renda e pela queda nos preços dos produtos e componentes. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), houve um aumento de 31% nas vendas de PCs entre janeiro e junho, para um total de 5,6 milhões de unidades. Em igual período de 2007, foram vendidos 4,3 milhões de PCs.

Valor Online |

O levantamento semestral da Abinee mostra ainda uma mudança na tendência de consumo de informática do brasileiro. Enquanto o volume de venda de computadores de mesa (desktops) aumentou 5% entre os primeiros semestres de 2007 e deste ano (para 3,9 milhões de unidades), o de computadores portáteis (notebooks) apresentou alta de 186% - para 1,7 milhão de unidades.

Na avaliação da entidade, os notebooks, ao fim do ano, representarão 42% das vendas de computadores, contra 58% dos desktops.

De acordo com o vice-presidente de Informática da entidade, António Hugo Valério, não há um estudo que avalie exatamente quando os notebooks ultrapassarão os desktops em volume de vendas.

"Essas estimativas são difíceis, pois o comportamento de vendas não é linear. Mas, acho que em 2009, isso já se torne realidade", afirma. Para ele, o longo prazo é ainda mais promissor para esse tipo de aparelho. "Em 2010, os notebooks podem representar até 75% do volume de vendas de computadores", acrescentou.

Leia tudo sobre: computador

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG