Tamanho do texto

As vendas de automóveis de luxo da BMW aumentaram 8% este ano na América Latina em relação em 2008, apesar do enorme impacto da crise econômica mundial sobre a indústria automobilística, informou a companhia alemã.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237575363410&_c_=MiGComponente_C

"A BMW está crescendo (na região), contra todas as tendências. As vendas estão subindo acima de 8% em relação a 2008", comemorou Gernot Volkmer, diretor da BMW para a América Latina e Caribe. "Tivemos um excelente mês de vendas em novembro na Colômbia, Brasil, Chile e Costa Rica".

"Para o grupo BMW, a América Latina tem importância fundamental, pois é uma região muito importante na qual trabalhamos há anos", disse à AFP Graeme Grieve, vice-presidente de mercados de importação da BMW, que participou com Volkmer do lançamento de uma nova concessionária da marca na Costa Rica.

Mudialmente, a BMW prevê que as vendas sofram uma queda entre 10% e 15% em relação ao ano passado, segundo Grieve.

Leia mais sobre: automóveis

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.