As vendas de carros novos no Japão caíram 13,1% em outubro, a terceira queda consecutiva, anunciou a Associação Japonesa de Concessionárias de Automóveis (JADA).

Um total de 233.922 carros foram vendidos no Japão mês passado, 35.299 a menos que no mesmo período do ano passado. A quantidade de carros particulares emplacados caiu 13,4% interanual, a 202.572 unidades.

Os emplacamentos de caminhões caíram 11,4%, a 30.261 unidades, mas as de ônibus aumentaram 6,8%, a 1.089 unidades, segundo a JADA.

O número total de veículos novos vendidos já havia caído 5,3% em setembro e 14,9% em agosto.

O mercado automobilístico japonês está saturado há vários anos pela ausência de crescimento da população, a falta de interesse dos jovens pelos carros, os engarrafamentos, a estagnação salarial e o alto preço da gasolina.

O ano de 2007 foi o pior para o setor desde 1973.

roc/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.