Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vendas de aplicativos para iPhone geram US$ 1 milhão por dia a Apple

As vendas de aplicativos para o iPhone geraram US$ 1 milhão por dia e Steve Jobs, executivo-chefe da Apple, não dúvida que se transformarão em breve em um negócio de bilhões de dólares anuais.

EFE |

Em entrevista publicada nesta segunda-feira pelo jornal "The Wall Street Journal", Jobs afirma que já foram vendidos 60 milhões de aplicativos desde que estes programas apareceram há um mês e que o faturamento total é de cerca de US$ 30 milhões.

"Nunca tinha visto nada como isto em minha carreira no mundo do software", reconhece o fundador e executivo-chefe da Apple.

Estes aplicativos, que o usuário pode adquirir na loja online da Apple, apareceram no mês passado, coincidindo com o lançamento do iPhone 3G, a última geração do popular telefone celular.

A grande maioria não foi desenvolvida pela Apple, mas por programadores de outras companhias que receberam permissão da firma californiana para ficar com a maior parte da renda da venda.

Na entrevista, Jobs explica que a Apple só detém 30% da renda e que o resto vai para os criadores dos aplicativos.

Ele disse confiar que estes programas vão impulsionar as vendas do iPhone e do aparelho de mp3 iPod Touch, no qual também funcionam.

A maioria dos aplicativos é gratuita ou custa menos de US$ 10 e que vão desde o útil ao curioso, passando pelo absurdo. Variam das ferramentas para calcular despesas de viagens, até o que transforma a tela na espada de Darth Vader.

Os especialistas já comemoram os resultados e acreditam que os aplicativos poderiam se transformar na galinha dos ovos de ouro da Apple.

 

Leia tudo sobre: apple

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG