Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vendas da Chrysler caem 53% em dezembro e 30% em 2008

As vendas da montadora americana Chrysler, que acaba de receber uma ajuda do Estado federal, desmoronaram em dezembro, com uma queda de 53% em relação ao mesmo mês em 2007 e de 30% para todo o ano de 2008.

AFP |

A Chrysler vendeu apenas 89.813 veículos em dezembro, 5% a mais que em novembro (85.260) e mais de 50% a menos que em dezembro de 2007 (191.423). A queda foi particularmente forte nas vendas dos carros de passeio (-59%), mas também nas dos veículos pesados (-51%).

Para impulsionar as vendas em janeiro, a Chrysler, que recebeu sexta-feira um empréstimo federal de quatro bilhões de dólares para tentar evitar a falência, pretende investir em fortes operações promocionais, como empréstimos sem juros para um período de seis anos para alguns modelos.

"Apesar das condições extremamente complicadas do ano passado, a Chrysler e seus acionistas não jogaram a toalha, efetuaram os ajustes necessários e mantiveram o mesmo padrão de qualidade no serviço aos clientes", afirmou em comunicado o vice-presidente da montadora, Jim Press. "O resultado é que nossa empresa e nossa rede de concessionários começam o ano numa posição melhor", declarou.

Chrysler, a menor das três grandes montadoras de Detroit (Michigan, norte dos EUA) e a considerada mais frágil, pertence ao fundo de investimento Cerberus.

bur/yw/sd

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG