Frankfurt (Alemanha), 6 fev (EFE).- A montadora de automóveis alemã Audi entregou em janeiro 56.

200 veículos no mundo todo, 28,6% a menos do que no mesmo mês em 2008.

"Este ano não será fácil para ninguém", sentenciou hoje Peter Schwarzenbauer, chefe da direção de mercado e vendas da filial da Volkswagen.

O executivo destacou que apesar da crise atual e de seus efeitos no setor automobilístico, a Audi poderá reforçar suas posições no mercado, pois "em comparação com outros concorrentes, nossos novos produtos estão sendo mais bem recebidos".

"Nossa estratégia se mantém ofensiva. Só no primeiro semestre deste ano lançaremos no mercado seis novos modelos", confirmou Schwarzenbauer.

A respeito do retrocesso das vendas de janeiro, o executivo explicou que ele reflete uma perda da confiança dos consumidores em geral.

Por regiões, as vendas da Audi na Europa caíram em janeiro 31,2%; nos Estados Unidos, 26,4%; e na região da Ásia-Pacífico, 22%. EFE cv/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.