Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vendas a prazo cresceram 1,2% em dezembro, segundo lojistas

BRASÍLIA - A Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) estima que as vendas a prazo do comércio em todo o pais registraram alta de 1,2% em dezembro, em relação a igual mês de 2007. A variação é baseada em consultas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), que no ano passado tinha apontado elevação de 7% sobre o resultado de dezembro de 2006.

Valor Online |

O presidente da CNDL, Roque Pellizzaro, culpou a crise financeira internacional pelo resultado aquém do esperado. " Antes da crise em outubro, as pesquisas apontavam para um crescimento superior ao ano passado, em torno de 9%, nas vendas do Natal " , explicou ele.

Os dados da CNDL, que excluem as vendas à vista, indicam ainda que houve uma redução em torno de 30% no valor médio das compras individuais, que em 2007 ficaram em R$ 180,00.

Mesmo com a frustração ao fim do ano, os lojistas ainda esperam que 2008 registre alta no faturamento do comércio de 8% sobre o ano anterior.

Para 2009, Pellizzaro diz que prefere ser otimista, e mesmo com a desaceleração econômica chegando à economia brasileira, ele projeta " uma variação pequena, mas ainda assim positiva " , de 4% para as vendas do comércio em geral.

Para uma melhor avaliação sobre as perspectivas da crise em todo o mundo, o presidente da CNDL embarca com uma centena de empresários rumo a Nova York, no início de janeiro, para uma reunião com entidades representativas do comércio em 27 países.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG