Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Venda pendente de imóvel sobe 5,2% em julho nos EUA

As vendas pendentes de imóveis nos Estados Unidos subiram 5,2% em julho, após registrarem dois meses seguidos de queda, na sequência do fim do crédito fiscal oferecido pelo governo norte-americano para compra de imóveis, no dia 30 de abril

AE |

selo

As vendas pendentes de imóveis nos Estados Unidos subiram 5,2% em julho, após registrarem dois meses seguidos de queda, na sequência do fim do crédito fiscal oferecido pelo governo norte-americano para compra de imóveis, no dia 30 de abril. O índice da Associação Nacional dos Corretores de Imóveis (NAR, na sigla em inglês) para as vendas pendentes de imóveis existentes no país subiu para 79,4 em julho, informou hoje a associação. O aumento contrariou a queda de 1% prevista pelos economistas.

As vendas pendentes de imóveis recuaram 19,1% em julho, na comparação com o nível de 98,1 registrado no mesmo mês do ano passado. Já as vendas pendentes de imóveis caíram 2,8% em junho, para 75,5. O dado foi revisado levemente na comparação com a leitura de 75,7 divulgada anteriormente.

Em sua previsão mensal para o setor, a associação projetou vendas de residências existentes no país de 4,91 milhões neste ano e de 5,44 milhões em 2011. Em 2009, as vendas totalizaram 5,16 milhões. A média de preços para os imóveis existentes está projetada em US$ 172.700 em 2010 e US$ 174.200 em 2011. No ano passado, a média dos preços desses imóveis foi de US$ 172.500. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: ECONOMICO-ECONOMIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG