O Tesouro Nacional vendeu em agosto R$ 114,9 milhões em títulos no programa Tesouro Direto. O volume foi 161,7% superior ao verificado em igual mês do ano passado.

Dessa forma, o Tesouro já colocou em mercado por meio do Tesouro Direto R$ 843,8 milhões, no acumulado do ano, maior volume da história do programa. Os dados foram divulgados hoje pelo Ministério da Fazenda.

Os títulos vinculados ao IPCA (NTN-B) foram os mais procurados pelos investidores em agosto, com participação de 44,7% do total vendido no mês. Os papéis com remuneração prefixada (LTN e NTN-F) vieram na seqüência, com 38,1% do total das vendas. O número de investidores cadastrados no Tesouro Direto atingiu 129,936 mil em agosto, com aumento de 3,1 mil no mês.

O estoque total do Tesouro Direto ficou em R$ 1,8 bilhão, 38% maior do que o verificado em agosto de 2007. Os papéis vinculados a índices de preços (incluindo as NTN-C, vinculadas ao IGP-M) têm maior participação, 42,8%, enquanto os prefixados correspondem a 36,9% do total e os atrelados à taxa Selic (LFTs), 20,3%.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.