Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Venda no varejo da zona do euro cai mais que esperado em outubro

BRUXELAS - As vendas no varejo da zona do euro recuaram de forma mais acentuada do que o esperado em outubro, reforçando a fraqueza da demanda dos consumidores da região e aumentando os argumentos a favor de um corte mais forte da taxa de juro pelo Banco Central Europeu (BCE), na quinta-feira.

Redação com agências |

As vendas do setor caíram 0,8% na comparação mensal e 2,1% em relação ao mesmo período do ano passado --a quinta queda consecutiva na comparação anual, informou a agência de estatísticas da União Européia, a Eurostat, nesta quarta-feira.

Nesse mesmo intervalo, houve recuo de 0,3% na União Européia.

Economistas consultados pela Reuters esperavam uma queda mensal de 0,4% e um declínio de 1,4%, em termos anuais.

No comparativo mensal, o ramo alimentos, bebidas e tabaco caiu 0,5% na região do euro, mas avançou 0,1% no bloco europeu. O setor não-alimentício diminuiu 0,9% e 0,7%, respectivamente.

De setembro para o mês seguinte, as maiores taxas foram observadas na Lituânia (3,5%), Finlândia (2,1%) e Eslováquia (1,2%). As quedas mais expressivas ficaram com Espanha (-2,3%), Letônia (-2,2%), Luxemburgo e Romênia (-2,1% cada).

As vendas no varejo são um indicativo da demanda dos cidadãos. A queda no consumo privado foi uma das razões do encolhimento da economia da zona do euro no segundo e terceiro trimestres.

(Com informações da Reuters e Valor Online)

Leia também

 

Para saber mais

 

Serviço 

 

Opinião

Leia tudo sobre: crise financeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG