Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Venda de notebook ilegal volta a crescer em 2008, informa IBL

A venda de notebooks ilegais, que entram no País sem pagar impostos, voltou a crescer em 2008, após três anos consecutivos de queda. Os produtos ilegais representaram 35% do mercado em 2008, ante 30% em 2007.

Agência Estado |

As marcas Acer, Asus e Toshiba respondem, juntas, pela venda de 729 mil computadores, mas dados da Receita Federal apontam que apenas 152 mil foram declarados ao Fisco.

Segundo levantamento do Instituto Brasil Legal (IBL), entidade que combate a informalidade na indústria de eletroeletrônicos, a sonegação chegou a US$ 656,5 milhões. Só as três marcas de importados líderes respondem por uma sonegação de US$ 291 milhões. Para chegar a esse número, a entidade cruzou dados da Receita Federal com o dos institutos IDC e ITData, que fazem o acompanhamento do mercado. Segundo Edson Vismona, presidente do IBL, a crise está fazendo com que o consumidor, muitas vezes inadvertidamente, busque o produto ilegal, por ser mais barato. "O notebook importado, pagando os impostos, seria 57% mais caro do que o produto fabricado no Brasil. Mas sem pagar os tributos, ele chega até 20% mais barato para o consumidor", diz Vismona.

Ao contrário do que se pensa, os notebooks ilegais não são vendidos apenas nas ruas populares de comércio e nos pontos que vendem produtos de contrabando e descaminho. Segundo Vismona, a Operação Grey, realizada pela Receita Federal no ano passado, foi responsável pela apreensão de 500 máquinas ilegais que estavam sendo vendidas em grandes redes do varejo. Ele explica que algumas máquinas são equipamentos usados, que entram no País após serem recondicionados, e seduzem pelos preços quase irrisórios. Há notebooks oferecidos a US$ 200. "É preciso redobrar a fiscalização nos portos, aeroportos e nas áreas de fronteira. O aumento das vendas de ilegais é uma ameaça séria à indústria nacional."

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG