Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Venda de etanol em maio no País supera a de gasolina

As vendas de etanol em maio superaram as de gasolina pela primeira vez em 2010, de acordo com avaliação divulgada pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) a partir de dados da entidade e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)

AE |

As vendas de etanol em maio superaram as de gasolina pela primeira vez em 2010, de acordo com avaliação divulgada pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica) a partir de dados da entidade e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Segundo a Unica, a ANP apontou um volume de gasolina A consumido em maio, considerando a mistura de 25% de etanol anidro à gasolina, de 1,74 bilhão de litros, enquanto o volume total de etanol demandado alcançou 1,87 bilhão de litros, 7,72% superior ao volume consumido do combustível fóssil.

Para o diretor-técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, "o que mais impressiona nesse cenário é que o consumo total de etanol em maio de 2010 foi superior ao volume consumido em 2009 em 3,7%, com um cenário de preços bastante distinto", disse. "Em maio do ano passado o etanol era economicamente competitivo em relação à gasolina em 19 Estados brasileiros, enquanto em 2010 o etanol era competitivo (nesta época) em apenas nove Estados", acrescentou. Para Rodrigues, o aumento da frota de veículos "flex fuel" puxou o consumo do etanol mesmo com o combustível economicamente menos vantajoso que a gasolina.

A Unica informou ainda que as vendas de etanol combustível a partir das unidades produtoras do Centro-Sul do País atingiram 1,1 bilhão de litros na primeira quinzena de junho, redução de apenas 1,14% em relação à última quinzena de maio, que, no entanto, tinha um maior número de dias disponíveis para o consumo do produto.

Das vendas totais das unidades do Centro-Sul na primeira quinzena de junho, 977,05 milhões de litros foram destinados ao mercado interno e 127,71 milhões de litros ao mercado externo. Apesar de as exportações permanecerem em patamares muito baixos, o resultado da primeira quinzena de junho representa alta de 23,91% sobre a última quinzena de maio.

No mercado interno, as vendas de etanol hidratado pelas usinas do Centro-Sul na primeira quinzena do mês passado totalizaram 701,82 milhões de litros. Se comparadas as vendas médias diárias do produto, houve alta de 3,22% entre a última quinzena de maio e a primeira de junho: de 45,32 milhões de litros de etanol hidratado por dia, para 46,78 milhões de litros/dia.

Leia tudo sobre: ECONOMICO-ECONOMIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG