Tóquio - As vendas de veículos importados no Japão caíram em janeiro 37,2% frente ao mesmo mês do ano anterior, ao seu pior nível em duas décadas, informou hoje a Associação de Importadores de Automóveis japonesa.

A causa, como acontece também com as vendas dos automóveis japoneses em geral há meses, é a crise econômica global, que paralisa a demanda no mundo.

Em janeiro, foram vendidos no Japão 8.915 veículos importados, o nono mês consecutivo de queda e o terceiro seguido com baixa superior a 30%.

A queda de 37,2% é a maior desde que em 1968 a Associação de Importadores de Automóveis do Japão começou a divulgar esses dados, informou a agência local de notícias "Kyodo".

Leia mais sobre: Japão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.