Tamanho do texto

BRASÍLIA - As vendas reais da indústria brasileira caíram 0,2% em outubro perante setembro, pelo critério dessazonalizado. Na série sem ajuste, porém, houve aumento de 2,4%, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Ante outubro de 2007, as vendas reais se expandiram em 6,9%. Nos dez primeiros meses deste ano, houve crescimento de 8% perante igual intervalo do calendário anterior.

Em relatório, a CNI aponta que, ao contrário da tendência tradicional de crescimento das vendas em outubro sobre setembro, neste ano houve recuo. Essa queda se explica em parte pelo forte aumento de vendas visto em setembro sobre agosto, de 3,9%. Também houve a influência da desvalorização cambial (21% na média de outubro sobre a de setembro, segundo a CNI).

De qualquer forma, a entidade ressalta o bom desempenho acumulado no ano, com expansão no faturamento em praticamente todos os setores pesquisados. Os dois segmentos a registrar baixa nas vendas acumuladas entre janeiro e outubro foram o de Madeira (-10,2%) e produtos químicos (-9,5%).

Leia mais sobre indústria