As vendas de veículos novos em outubro somaram 294,5 mil unidades, volume 4,6% inferior ao de setembro, o melhor mês da história do setor, com 308,7 mil unidades comercializadas, incluindo caminhões e ônibus. Apesar da queda, foi o melhor outubro em vendas do setor e o terceiro melhor mês levando-se em conta todo o calendário.

Em relação ao mesmo mês do ano passado, houve aumento de 23,1%.

A média diária de vendas ficou em 14.024 veículos, ante 14.702 em setembro. A queda é justificada pelas empresas pela antecipação de compras no último mês de vigência da redução integral do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

No ano, as vendas somam alta de 6% ante igual período de 2008, com 2,596 milhões de veículos. Desse total, 2,493 milhões são automóveis e comerciais leves, segmento que cresceu 7,3% na comparação com 2008, segundo dados do setor automotivo. O segmento de caminhões e ônibus, embora apresente recuperação, deve encerrar 2009 com números inferiores ao do ano anterior.

Em outubro, a Fiat manteve a liderança em vendas, com 24,2% de participação, seguida pela Volkswagen, com 21%, General Motors (19,7%) e Ford (10%). No ranking anual, a ordem da classificação se repete entre as quatro maiores empresas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.