Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

VCP tem prejuízo de R$ 586 milhões no terceiro trimestre

SÃO PAULO - A Votorantim Celulose e Papel (VCP) registrou prejuízo de R$ 586 milhões no terceiro trimestre deste ano, ante um lucro de R$ 175 milhões apurado no mesmo período do ano passado. A última linha do balanço da companhia foi afetada principalmente pelo efeito contábil da variação cambial sobre a dívida da empresa (sem desembolso de caixa), no valor de R$ 465 milhões, e também pela contabilização proporcional do prejuízo da Aracruz, empresa na qual a VCP possui participação, no montante de R$ 205 milhões.

Valor Online |

A receita líquida, conforme divulgada em relatório sobre seu resultado, foi de R$ 606 milhões, com recuo de 4% sobre o total de R$ 634 milhões do mesmo período do ano passado. Como os custos cresceram 3%, para R$ 433 milhões, o lucro bruto da empresa caiu 20%, para R$ 173 milhões.

O resultado da empresa medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recuou 16% na comparação anual, para R$ 152 milhões entre julho e setembro deste ano.

Ao comentar o resultado financeiro, a VCP reafirmou que teve perdas de US$ 145 milhões com contratos derivativos ao longo do terceiro trimestre, conforme já havia informado ao mercado.

No entanto, a companhia ressaltou que não é obrigada a desembolsar tal quantia, visto que o efeito caixa das perdas só se dará na data de vencimento das operações.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG