Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Variação cambial prejudica resultado trimestral da Dasa

SÃO PAULO - A Diagnósticos da América (Dasa), que controla rede de laboratórios Delboni Auriemo, encerrou o terceiro trimestre do ano com prejuízo líquido de R$ 15,3 milhões. Em igual período do ano passado, verificou lucro líquido de R$ 7,8 milhões.

Valor Online |

Segundo a Dasa, o resultado negativo reflete a variação cambial passiva dos financiamentos em dólar da companhia, os quais não possuem instrumentos financeiros de hedge (swap) dado o horizonte de pagamento de 7 anos.

Dentro da conta Despesas Financeiras, que totalizou R$ 42,9 milhões no terceiro trimestre, o item variação cambial respondeu por R$ 16,6 milhões, o custo das notas internacionais da companhia consumiu outros R$ 10,7 milhões. O pagamento de juros somou R$ 9,2 milhões, as debêntures responderam por R$ 6,9 milhões e outras despesas somaram R$ 8,7 milhões.

Ao fim do terceiro trimestre de 2008, a posição exposta à variação cambial era de US$ 51,1 milhões, dos quais US$ 40,6 milhões referem-se a leasing de equipamentos.

A perda financeira ofusca o forte crescimento da companhia, que apresentou expansão em todos os segmentos de atuação, como serviço público, apoio a laboratórios e ambulatorial e hospitalar.

Reflexo dessa expansão foi o aumento de 30% na receita líquida, que somou R$ 306 milhões. A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) subiu 36,5%, somando R$ 71,2 milhões.

O custo do serviço prestado cresceu 28% no comparativo anual, totalizando R$ 183 milhões, o que equivale a 59,8% da receita líquida, percentual ligeiramente inferior ao observado no terceiro trimestre do ano passado.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG