As vendas no varejo americano caíram 1,2% em setembro, a terceira queda mensal seguida e a maior desde agosto de 2005. O relatório do Departamento de Comércio mostra que a queda é mais um indício de que a economia dos EUA está em recessão.

O dado é mais significativo caso se considere que, em julho, agosto e setembro, os consumidores receberam cerca de US$ 150 bilhões do governo em devolução de impostos para estimular o consumo.

Os analistas esperavam uma diminuição das vendas de varejo de 0,8% em setembro.

Os números ajustados do Departamento do Comércio sugerem que a despesa real dos consumidores no terceiro trimestre diminuiu pela primeira vez em 17 anos. Nos EUA, a despesa dos consumidores equivale a mais de 66% do Produto Interno Bruto (PIB). E as vendas no varejo são um terço das vendas finais na economia e a quase a metade da despesa dos consumidores. Em um ano, o varejo recuou 1% e, no terceiro trimestre, foram 1% menores que no segundo. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.