Tamanho do texto

Vendas do setor cresceram 12,8% nos três primeiros meses do ano, segundo o IBGE

As vendas no comércio varejista brasileiro registraram no primeiro trimestre do ano o maior crescimento desde os três primeiros meses de 2004. Entre janeiro e março deste ano, o volume de vendas subiu 12,8%, enquanto a receita nominal do setor saltou 15,6%, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Somente no mês de março, a alta nas vendas foi de 1,6% e de 0,9% na receita, frente a fevereiro. Na comparação com março de 2009, as vendas cresceram 15,7%, enquanto a receita saltou 19,1%. 

O comércio varejista ampliado – que inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças, e de material de construção – teve alta de 5% no volume de vendas e de 3,9% na receita nominal em março, frente ao mês anterior. No trimestre, as vendas saltaram 15,5% e a receita, 9,6%. Frente a igual mês de 2009, as altas foram de 22% e 23,8%, respectivamente.

A alta de 12,8% nas vendas do setor nos três primeiros meses do ano foi superior ao crescimento de 8,9% registrado em igual período de 2009. “Não só da variação do último trimestre do ano anterior como de todos os trimestres iniciados em janeiro de 2004, ano considerado de recuperação econômica após a ‘crise das ponto.com’”, informou o IBGE.

Somente dois grupos tiveram queda no volume de vendas no primeiro trimestre do ano: Livros, jornais, revistas e papelaria (de 10,3% para 8,3%) e Outros artigos de uso pessoal e doméstico (de 7,7% para 6,4%).

Os demais grupos tiveram melhora. Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (de 7,6% para 29,9%); Móveis e eletrodomésticos (de 10,4% para 21,7%); Tecidos, vestuário e calçados (de 5,1% para 9,5%); Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (de 10,0% para 12,4%); Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (de 11,4% para 13,4%) e Combustíveis e lubrificantes (de 3,2% para 5,4%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.