Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Varejo do país garante recorde de vendas no 1o semestre

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A forte demanda doméstica garantiu ao setor varejista brasileiro novo recorde de vendas na primeira metade do ano, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira. As vendas do comércio no país cresceram 1,3 por cento em junho ante maio, o que garantiu um ganho de 10,6 por cento no primeiro semestre informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Reuters |

O avanço apurado na primeira metade do ano é o maior já registrado pelo IBGE desde o início da série, em 2001. A alta em junho foi a maior apurada desde janeiro, quando as vendas do setor cresceram 2 por cento.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, as vendas do setor apresentaram uma taxa de expansão de 8,2 por cento.

Nos últimos 12 meses, o setor acumula um ganho de 10,1 por cento em suas vendas.

A receita nominal do setor cresceu 2,5 por cento entre maio e junho, acumulando no primeiro semestre uma alta de 15,9 por cento. Nos últimos 12 meses, a receita teve um avanço de 14,5 por cento.

O Banco Central tem alertado sobre o forte ritmo da demanda doméstica, um dos componentes do repique inflacionário registrado este ano.

Por conta do aumento dos preços, o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC iniciou em abril um ciclo de aperto monetário, com o objetivo de trazer a inflação de volta ao patamar de 4,5 por cento a partir de 2009.

A taxa básica de juro do país, a Selic, subiu de 11,25 por cento para 13 por cento, desde abril.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier; Texto de Renato Andrade)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG