O varejo de alimentos encerrou 2009 com faturamento de R$ 181,2 bilhões e crescimento real, descontada a inflação, de 8,4% na comparação com 2008, segundo o relatório anual da revista Supermercado Moderno. Em igual período, o produto interno bruto (PIB) do País, a soma de todas as riquezas, recuou 0,2%.

O varejo de alimentos encerrou 2009 com faturamento de R$ 181,2 bilhões e crescimento real, descontada a inflação, de 8,4% na comparação com 2008, segundo o relatório anual da revista Supermercado Moderno. Em igual período, o produto interno bruto (PIB) do País, a soma de todas as riquezas, recuou 0,2%. "O ano de 2009 foi excelente, com ritmo de crescimento chinês para o varejo de alimentos", diz o coordenador da pesquisa, Valdir Orsetti. Com base em dados preliminares, as vendas deste ano estão mais aceleradas que em 2009. "A receita do varejo de alimentos cresceu mais de 12% no primeiro trimestre", diz ele.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.