Ribeirão Preto, SP - O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, confirmou esta tarde, em entrevista à <b>Agência Estado</b>, que nas operações de apoio à comercialização, o governo pagará prêmios diferenciados dentro de um mesmo Estado, considerando a distância entre produto e consumidor. "Antes, o valor era único e agora os produtores que estão em regiões mais distantes terão um valor diferenciado", afirmou Rossi, que está na Agrishow, em Ribeirão Preto (SP).

Ribeirão Preto, SP - O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, confirmou esta tarde, em entrevista à <b>Agência Estado</b>, que nas operações de apoio à comercialização, o governo pagará prêmios diferenciados dentro de um mesmo Estado, considerando a distância entre produto e consumidor. "Antes, o valor era único e agora os produtores que estão em regiões mais distantes terão um valor diferenciado", afirmou Rossi, que está na Agrishow, em Ribeirão Preto (SP). De acordo com ele, uma portaria interministerial preparada pelos ministérios da Agricultura, Fazenda e Planejamento será publicada entre hoje e segunda-feira com as regras de comercialização. "O governo destinará R$ 5,2 bilhões, mas poderá haver suplementação", explicou o ministro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.