Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vale vai tomar US$ 1 bi com banco de fomento da Coréia do Sul

SÃO PAULO - O Korea Eximbank, banco de fomento ao comércio exterior da Coréia do Sul, irá liberar uma linha de US$ 1 bilhão para a Vale do Rio Doce. Os recursos darão suporte financeiro aos projetos da empresa brasileira, possibilitando a manutenção estável dos embarques de produtos minerais para o país asiático.

Valor Online |

 

"O acordo irá nos permitir trocar informações sobre projetos de mineração com uma grande companhia global e ainda reforçar a participação das empresas coreanas em projetos de matéria-prima na América do Sul", comunicou o banco coreano.

No ano passado, a sul-coreana Posco, quarta maior siderúrgica do mundo, importou 46 milhões de toneladas de minério de ferro, sendo 23% deste volume oriundo do Brasil.

Em nota divulgada na noite de quarta-feira, a Vale informou já dispor de linhas de crédito de longo prazo com instituições governamentais do Brasil e do Japão e que esses recursos ainda não foram utilizados. A mineradora não revelou, entretanto, quais projetos receberão recursos coreanos.

Leia mais sobre Vale

Leia tudo sobre: vale

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG