Xangai, 5 set (EFE).- A Vale vai aumentar em 86% - em relação ao ano passado - o preço do ferro para seus clientes da China, informou hoje o jornal Shanghai Daily.

Os clientes chineses da Vale informaram que receberam um e-mail no qual a companhia brasileira lhes avisava sobre uma "iminente" alta dos preços.

O aumento aconteceria mesmo com o acordo alcançado em fevereiro, quando Baosteel - siderúrgica chinesa encarregada de negociar os preços com as companhias minerados - e Vale fixaram altas entre 65% e 71%.

Há vários dias circulam pelo mercado os rumores de um possível aumento dos preços de até 20% acima da alta fixada em fevereiro.

"A Vale está constantemente em diálogo com seus clientes com o objetivo de alcançar condições mutuamente satisfatórias para os contratos comerciais", explicou a companhia brasileira, citada pelo "Shanghai Daily".

No entanto, as empresas chinesas asseguram que a Vale ameaçou atrasar os envios ou entregar mineral com menos proporção de ferro se não fosse fixado um acordo para aumentar os preços.

Mesmo assim, algumas pequenas empresas chinesas disseram que não receberam nenhum aviso de aumento dos preços.

Segundo os analistas, a Vale poderia estar tentando se posicionar melhor para as negociações dos dois próximos anos, com o objetivo de equiparar seus preços, que até agora foram mais baixos que os de outras mineradoras. EFE trr/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.