Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vale será parceira da Suzano em nova fábrica de celulose no Maranhão

SÃO PAULO - A Vale do Rio Doce participará da operação da nova fábrica da Suzano Papel e Celulose no Maranhão, cuja construção foi anunciada hoje. Além do fornecimento de madeira, a mineradora irá realizar o transporte da celulose produzida na planta até a capital São Luiz, de onde o produto será exportado.

Valor Online |

Pelo memorando de entendimentos firmado entre Vale e Suzano, os produtos serão transportados pela ferrovia Norte-Sul e pela Estrada de Ferro Carajás, ambas de propriedade da mineradora. Segundo o presidente da Suzano Papel e Celulose, Antonio Maciel Neto, o acordo é válido por 30 anos, renovável por mais 30.

O executivo afirmou que a Vale será a responsável pela adequação dos vagões para o transporte da celulose, bem como pela construção de um ramal até a fábrica da Suzano. De acordo com Maciel, as condições de transporte foram as que mais pesaram para a escolha do local da nova unidade.

Já a madeira que será vendida à Suzano sairá dos plantios de eucalipto referentes a um programa de reflorestamento que a Vale toca no sudeste do Pará, em uma área de 300 mil hectares. Maciel preferiu não revelar a política de preços que será adotada para a venda da madeira. Além disso, a mineradora vendeu à Suzano uma área de 84,5 mil hectares na região, sendo 34,5 mil hectares já plantados com eucalipto.

Por esse motivo, a Suzano acredita que a nova fábrica, com capacidade de 1,3 milhão de toneladas, poderá começar a produzir já em 2013, segundo seu presidente.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG