Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vale reduz produção em unidades de alto custo devido à crise

RIO - O presidente da Vale, Roger Agnelli, confirmou que a crise financeira já levou a empresa a reduzir a produção em plantas com custo mais elevado. Entre os exemplos citados pelo executivo estão a PT Inco, na Indonésia, e a unidade de Dalian, na China, duas produtoras de níquel.

Valor Online |

Agnelli afirmou que na Indonésia a empresa chegou a produzir níquel com energia vinda de geradores a diesel, forma encontrada para suprir a forte demanda dos mercados da região pelo produto. Agora, a mineradora optou por desligar os geradores a diesel e buscar a geração hidrelétrica.

No caso da unidade da companhia em Dalian, na China, a produção hoje está a um nível de 35% da capacidade.

"A China tem estoques enormes de níquel que terão de ser processados. Esse minério chegou na China a um custo muito elevado e quem é dono desse estoque certamente vai vender com prejuízo enorme, pura e simplesmente para fazer caixa para pagar a folha de pagamento", frisou Agnelli.

O presidente da mineradora brasileira ressaltou que a expectativa da empresa é de que o crescimento da economia da China - maior cliente individual da Vale - desacelere do ritmo de 12% para algo entre 7% e 9% devido à crise internacional.

"O que é um crescimento ainda bastante acentuado", ponderou Agnelli.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG