A Vale divulgou, esta noite, nota em que rebate as críticas do ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, que acusou hoje a mineradora de não explorar todo o potencial da concessão de uma mina de potássio em Sergipe, concessão que a empresa arrendou da Petrobras antes de ser privatizada. Os comentários não condizem com a realidade dos fatos, diz a nota da Vale, que alega ter aumentado progressivamente a produção de potássio desde que assumiu a operação da mina Taquari-Vassouras.

"No ano passado, a única mina de potássio no País produziu cerca de 720 mil toneladas, aumento de mais de 400% em relação ao produzido em 1992, primeiro ano do contrato de arrendamento. Em valores atualizados, a empresa já investiu mais de US$ 500 milhões em melhorias na mina", alegou a Vale.

As discordâncias entre a mineradora e o ministro têm como pano de fundo a intenção do governo de acelerar a formação de um mercado produtor de fertilizantes no País.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.