Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vale investe US$ 1,6 bi em navios para entregar minério na China

SÃO PAULO - A Vale do Rio Doce informou que encomendou a construção de 12 navios graneleiros à Rongsheng Shipbuilding and Heavy Industries. Os navios terão capacidade de 400 mil toneladas cada e serão usados para o transporte de minério de ferro entre o Brasil e Ásia, com destaque para a China.

Valor Online |

O investimento total previsto na construção das embarcações é de US$ 1,6 bilhão, sendo que o primeiro navio tem entrega prevista para o início de 2011 e os demais devem ficar prontos até o fim de 2012. Os navios encomendados são os maiores navios graneleiros para minério a serem construídos no mundo, diz a empresa em comunicado.

A mineradora tem investido no segmento de logística diante do significativo aumento do preço dos fretes marítimos (140% em dois anos), que tornam o produto da Vale menos competitivo que o de algumas de suas rivais, como é o caso da Rio Tinto e da BHP Billiton, que estão mais perto do mercado consumidor. Este ano, por exemplo, as rivais conseguiram reajustar seus produtos entre 80% e 96%, ante aumentos de 65% a 71% aplicados pela Vale.

Uma infra-estrutura logística altamente eficiente constitui-se em elemento-chave para a competitividade no mercado de minério de ferro, diz a companhia em comunicado.

Considerando os navios encomendados, além daqueles que a Vale já possui ou pretende converter para uso no transporte das suas mercadorias, a mineradora terá um frota com capacidade estimada de transportar 30,2 milhões toneladas métricas de minério de ferro por ano do Brasil para Ásia. Esse volume corresponde a 31% dos embarques da Vale para a China em 2007.

Além de investir na compra de navios, a mineradora brasileira disse que pretende usar trens mais longos nas suas ferrovias no país, com 330 vagões e locomotivas mais eficientes.

Leia tudo sobre: vale do rio doce

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG