Mesmo após vender seus ativos de alumínio e bauxita para a norueguesa Norsk Hydro, a Vale informou que a cadeia do alumínio não perdeu peso nos negócios da companhia. Em teleconferência, o diretor da área de alumínio da Vale, Ricardo Carvalho, destacou que a Vale passou a deter uma participação de 22% do capital da Hydro, empresa que tem mais condições de crescer no setor em razão do acesso a energia a preços competitivos.

Mesmo após vender seus ativos de alumínio e bauxita para a norueguesa Norsk Hydro, a Vale informou que a cadeia do alumínio não perdeu peso nos negócios da companhia. Em teleconferência, o diretor da área de alumínio da Vale, Ricardo Carvalho, destacou que a Vale passou a deter uma participação de 22% do capital da Hydro, empresa que tem mais condições de crescer no setor em razão do acesso a energia a preços competitivos. A empresa será a maior acionista da Hydro, depois do governo da Noruega. "No Brasil, a produção de alumínio primário não cresce devido à falta de energia a preços competitivos", disse Carvalho. "Fizemos um reposicionamento, deixando de ser operadores para sermos sócios de uma empresa que tem grande potencial de crescimento."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.