Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vale compra 17% de bloco exploratório

Em mais um movimento para ampliar sua participação no setor de petróleo, a Vale comprou 17,5% do bloco exploratório BM-ES-28, na Bacia do Espírito Santo. Trata-se da terceira aquisição da companhia este ano, após a estréia em leilões da Agência Nacional do Petróleo (ANP) em novembro do ano passado.

Agência Estado |

Segundo fontes do mercado, a companhia negocia ainda a aquisição de 50% do projeto BM-S-4, em Santos, no litoral paulista - onde a italiana Eni já confirmou duas descobertas de gás natural - e também do bloco BM-ES-21, no litoral capixaba.

A compra de parte do BM-ES-28 foi aprovada pela diretoria da ANP na reunião do último dia 18, cuja ata foi publicada ontem. A fatia pertencia à companhia multinacional Shell, que permanece como operadora do projeto. Em março, a Vale já havia comprado 50% da multinacional no bloco BM-ES-27, também no litoral capixaba. Segundo palestra recente do vice-presidente de exploração e produção da Shell Brasil, Stephen Whyte, os dois blocos terão poços perfurados até o ano de 2010.

A Vale não quis comentar as operações realizadas. Ao anunciar sua entrada no segmento de petróleo e gás, a Vale argumentou que precisava garantir suprimento de energia para suas operações.

Na 9ª Rodada de Licitações da ANP, em novembro de 2007, a companhia, adquiriu participação em nove blocos exploratórios, nas bacias de Santos, Pará-Maranhão e Parnaíba, sempre em parceria com empresas petroleiras. Segundo informações do mercado, o maior passo no setor deve ser dado assim que a ANP aprovar a compra da fatia no BM-S-4, bloco com grandes perspectivas de reservas de gás.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG