Rio de Janeiro, 1 abr (EFE).- A Vale anunciou hoje um reajuste no preço de venda do minério de ferro à grande maioria de seus clientes.

Rio de Janeiro, 1 abr (EFE).- A Vale anunciou hoje um reajuste no preço de venda do minério de ferro à grande maioria de seus clientes. O preço do minério de ferro, que não foi determinado pela empresa, será baseado a partir de agora "em referências do mercado", e será reajustado a cada trimestre de forma automática, segundo um comunicado divulgado pela companhia. Os acordos assinados - sejam definitivos ou provisórios - afetam 97% de sua pasta de clientes no mundo todo, e 90% do volume do minério de ferro que a companhia vende. Esta nova política comercial responde a uma abordagem "mais flexível" em relação aos preços, explicou a empresa, que tem seu maior mercado na China. A Vale não concretizou que valor passará a cobrar a seus clientes, mas diversas fontes do setor e meios especializados ventilaram que a alta de preços do minério de ferro pode rondar os 90%. Após o anúncio, as ações preferenciais da companhia operavam em alta na bolsa de São Paulo, com uma valorização próxima a 0,70% na metade do pregão. A Vale tem uma capacidade de produção de perto de 300 milhões de toneladas de ferro por ano, o que a transforma no maior produtor do mundo deste mineral. No ano passado, a empresa obteve um lucro líquido de US$ 5,349 bilhões, 51,8% a menos que no ano anterior, segundo seu último balanço, divulgado em fevereiro. EFE mp/mh
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.