SÃO PAULO (Reuters) - A Vale informou nesta quinta-feira que negocia com a Woodside para adquirir metade da participação da empresa em um consórcio na bacia de Santos para a exploração de gás natural. Segundo a Vale, o consórcio abriga o poço exploratório de Panoramix, onde foram encontrados indícios de hidrocarbonetos. Formam o consórcio atualmente a Repsol YPF, com 40 por cento de participação, a Petrobras, com 35 por cento, e a Woodside, com 25 por cento.

Ainda de acordo com a Vale, a aquisição ainda depende da aprovação da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

"A exploração de fontes de energia como o gás natural está inserida no objetivo estratégico da Vale de diversificar e otimizar nossa matriz energética visando à redução de custos e a mitigação dos riscos", disse a empresa em um comunicado. "Desta forma, temos buscado a identificação de depósitos no Brasil através de participações em consórcios para exploração de gás natural nas bacias sedimentares brasileiras."

(Por Fabio Murakawa)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.