Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Vale acerta licença remunerada com 17,8 mil empregados

A Vale fechou nesta sexta-feira acordo de licença remunerada com o oitavo sindicato de funcionários, elevando para 17,8 mil o número de empregados que aceitaram os termos da proposta feita pela mineradora. A informação foi confirmada à Agência Estado pela empresa, que oferece licença remunerada com 50% do salário-base e o piso de R$ 856,00 previsto no Acordo Coletivo de Trabalho de 2007/2009.

Agência Estado |

Além disso, se compromete a manter, até 31 de maio de 2009, os empregos de quem aceitar o acordo.

Segundo o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias de Belo Horizonte (STEFBH), David Elinde Silva, os mais de mil trabalhadores representados pela entidade julgaram a proposta positiva em assembleia, que teve a concordância de 97% dos presentes.

A Vale propôs a licença remunerada a todo o seu contingente de empregados próprios, de 37,8 mil pessoas, número que não considera a força de trabalho de controladas e coligadas.

Quinze sindicatos foram consultados pela Vale. Ontem, por exemplo, a Vale enviou a proposta a cinco sindicatos majoritários, os quais reúnem 15,5 mil funcionários. Outras entidades - Sindicato Metabase de Itabira e Sindicato Metabase de Congonhas e Ouro Preto(Inconfidentes), que reúnem 4,5 mil empregados -, se mostraram contrárias aos termos da proposta de licença remunerada, em reportagens veiculadas na imprensa. Eles pretendem convocar assembleia de trabalhadores na próxima semana. A Vale diz, contudo, que ainda não recebeu documento formal destes sindicatos.

Leia mais sobre emprego

Leia tudo sobre: vale

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG