São Paulo, 23 - O governo de São Paulo anunciou hoje a criação da Estação Experimental de Agroenergia, vinculada à Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo (USP). O centro funcionará em Jaú (SP) e será dedicado à pesquisa da cana-de-açúcar.

O anúncio foi feito hoje, em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista, com a presença do governador José Serra (PSDB).

"A cana é fundamental para a economia de São Paulo e para o Brasil", afirmou o secretário estadual da Agricultura, João Sampaio. "Vamos pesquisar novas variedades agronômicas, álcool químico e novos modelos de colheita e de produção de energia a partir da cana."

A estação terá uma plantação experimental para trabalho de campo dos alunos da Esalq. O terreno de 77 mil metros quadrados, doado pela construtora Camargo Corrêa, abriga um prédio que será reformado para dar lugar às salas de aula.

De acordo com Sampaio, o plano é abrigar no espaço cursos de graduação e especialização em bioenergia. "Até o final de 2010, a USP deve instalar lá um novo curso de pós-graduação", afirmou. A instalação da estação, ainda sem data para ser inaugurada, faz parte da Rede de Bioenergia da USP, que pesquisa fontes renováveis de energia, como biomassa e etanol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.