SÃO PAULO - O leilão da usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu (PA) deverá ocorrer em setembro de 2009, conforme informou hoje o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim.

Acordo Ortográfico

Até então, a sinalização do governo informava apenas que a disputa ocorreria durante o segundo semestre do ano que vem.

A previsão do executivo leva em conta um otimismo quanto à concessão da licença ambiental prévia da usina, visto que as especificações básicas do empreendimento, como a área a ser alagada, já foram acordadas com o Ministério do Meio Ambiente.

Maior empreendimento de geração de energia do Brasil, superando Itaipu, a usina terá potência instalada de 11.182 MW, mais do que as duas usinas do rio Madeira (Santo Antônio e Jirau) juntas. A usina de Belo Monte será central para o abastecimento do país e irá contribuir para trazer mais energia hidráulica para nossa matriz energética , disse Tolmasquim.

Presente ao mesmo evento, o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Márcio Zimmermann, confirmou que está previsto para o primeiro semestre de 2009 o leilão das usinas eólicas de geração de energia.

Os dois participaram hoje de seminário de energias renováveis, que está sendo realizado em São Paulo.

Leia mais sobre a usina de Belo Monte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.