Tamanho do texto

SÃO PAULO - A Usiminas informou hoje que seu conselho de administração aprovou a participação da empresa como intermediária de sua controlada Cosipa na contratação de dois empréstimos. Os recursos serão utilizados na construção de um novo Laminador de Tiras a Quente, que tem entrada em operação prevista para 2011.

Com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), serão tomados R$ 493,4 milhões, direcionados à aquisição dos equipamentos nacionais necessários para a construção do equipamento. O empréstimo, dividido em duas partes, tem prazo de sete anos para ser pago. A primeira, de R$ 148 milhões, terá o custo de uma cesta de moedas mais a 1,76% ao ano. O outro, de R$ 345,4 milhões, será corrigido pela TJLP acrescida de 1,76% ao ano.

A parte importada será bancada com um empréstimo de US$ 550 milhões que a Cosipa irá tomar com um grupo de bancos japoneses liderados pelo banco de fomento JBIC (Banco Japonês para Cooperação Internacional, na sigla em inglês). O crédito, também liberado em duas fases, terá prazo de dez anos para ser quitado. A primeira, de US$ 275 milhões será corrigida pela taxa Libor mais 0,546% o ano. Já a segunda metade terá Libor mais 0,885% ao ano.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.