O ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca do Uruguai, Tabaré Aguerre, anunciou a aprovação de um certificado que permitirá a importação de frango in natura do Brasil. A informação foi repassada ontem pelo ministro ao secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Gerardo Fontelles, segundo a assessoria de imprensa da pasta.

O ministro da Agricultura, Pecuária e Pesca do Uruguai, Tabaré Aguerre, anunciou a aprovação de um certificado que permitirá a importação de frango in natura do Brasil. A informação foi repassada ontem pelo ministro ao secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Gerardo Fontelles, segundo a assessoria de imprensa da pasta.<p><p>Num encontro ontem à noite, no Palácio Itamaraty, os presidentes do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, e do Uruguai, Jose Mujica, o entendimento foi consolidado. A decisão teve como base as análises técnicas do governo uruguaio e a garantia da qualidade do serviço sanitário brasileiro. "O Brasil vende carne de aves a 153 países e não há restrição, por parte dos importadores, à qualidade do produto nacional", disse Fontelles. As vendas para aquele mercado deverão começar em 1º de julho deste ano.<p><p>O certificado foi ajustado, na semana passada, durante reunião do secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz, com autoridades do serviço veterinário uruguaio, em Montevidéu. Esse documento garante a procedência e a qualidade do produto exportado, de acordo com a legislação sanitária do país importador. O Brasil apresentará a lista dos frigoríficos habilitados à exportação dessas plantas, seguindo a prerrogativa do Mercosul, que aceita a indicação do órgão oficial.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.