Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Uruguai investiga suspeita de febre aftosa no norte do país

Buenos Aires, 06 - O governo do Uruguai recebeu uma suspeita de caso de febre aftosa no norte do país, no departamento de Artigas, fronteira com o Rio Grande do Sul, no Brasil. O ministro de Agricultura daquele país, Ernesto Agazzi, informou à imprensa que investiga a suspeita de que quatro animais teriam sido abatidos com sintomas de aftosa, mas descartou a presença da doença no país.

Agência Estado |

As autoridades sanitárias já estão realizando exames nos animais, conforme Agazzi.

"Se descartou, em primeira instância, que estes animais sacrificados tivessem sintomas de aftosa, mas é preciso ser muito cuidadosos e até que não tenhamos as análises de laboratório, não posso dar informação oficial", disse o ministro durante entrevista coletiva à imprensa, em Montevidéu, segundo as agências internacionais. "Em primeira instância e pelas informações clínicas, o que surgiu no local como um alerta não se trata de nenhuma das doenças conhecidas", insistiu.

Em 2001 e 2002, foram encontrados focos de aftosa no país e os criadores tiveram que sacrificar milhares de animais. Depois disso, o vizinho conquistou o status de país livre de aftosa com vacinação e vem batendo recordes após recordes de exportações de carne e chegaria em 2008 com um volume de entre US$ 1,3 a US$ 1,4 bilhões vendidos ao exterior.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG