Nova York, 22 jul (EFE).- A companhia aérea americana United Airlines anunciou hoje que no primeiro semestre de 2008 perdeu US$ 3,266 bilhões, um péssimo resultado em comparação com o mesmo período do ano passado, quando teve lucro de US$ 122 milhões.

A empresa atribui o resultado ruim ao aumento dos preços dos combustíveis.

Em comunicado, a United Airlines diz que teve entre janeiro e junho de 2008 uma perda líquida por ação de US$ 26,33, frente a um lucro líquido por título de US$ 0,88 no primeiro semestre de 2007.

No segundo trimestre do ano, a companhia aérea americana perdeu US$ 2,729 bilhões (US$ 21,47 por ação), comparados aos US$ 274 milhões (US$ 1,83 por título) que ganhou entre abril e junho de 2007.

Seu faturamento operacional foi de US$ 5,371 bilhões no segundo trimestre, 3% a mais que há um ano, quando faturou US$ 5,213 bilhões.

A alta do preço do combustível de aviação prejudicou os resultados da United Airlines, pois a companhia aérea, que saiu da quebra em fevereiro de 2006, pagou pelo produto no primeiro semestre do ano US$ 3,423 bilhões, 52,3% a mais que há um ano.

"Nosso setor deve enfrentar como nunca antes o desafio de um preço do petróleo e a United está tomando medidas agressivas para resistir aos custos do combustível e fortalecer nossa competitividade", assegurou seu presidente e executivo-chefe, Glenn Tilton, no comunicado.

Tilton destacou, por exemplo, a decisão da United Airlines de eliminar de sua frota os aviões Boeing 737 e seu acordo com a Continental para compartilhar redes de rota e serviços em nível mundial.

Como resposta aos altos preços do combustível de aviação, a United informou que para o conjunto do ano fiscal 2008 reduzirá entre 3,5% e 4,5% sua capacidade e no ano fiscal 2009, entre 8% e 9%.

Além disso, anunciou um corte de 5.500 empregos até o fim de 2009, aos que se devem somar o corte de 1.500 postos de trabalho anunciados previamente.

As ações da United Airlines disparavam no pregão médio das bolsas de Nova York e subiam US$ 2,68 (53,71%), para US$ 7,67. EFE bj/ab/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.