Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Unica: crise afeta usinas responsáveis por 20% da produção de cana

São Paulo, 16 - Um volume correspondente a 20% da produção brasileira de cana-de-açúcar pode deixar de ser processado pelas usinas na próxima safra, em função da crise de crédito que afeta o setor sucroalcooleiro. Esta é a previsão da União da Agroindústria da Cana-de-Açúcar (Unica).

Agência Estado |

Segundo o diretor técnico da entidade, Antonio de Pádua Rodrigues, as usinas que enfrentarão problema na próxima safra são aquelas que já não têm mais estoques - desovaram nos últimos meses para garantir capital de giro - e não dispõem das garantias exigidas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para ter acesso ao crédito para exportação. "Estas empresas estão em uma situação muito grave, pois não têm como conseguir funding e podem até atrasar o início da moagem na próxima safra", disse Pádua, que não quis revelar quantas usinas estão nesta situação.

O executivo disse que está otimista quanto a uma amenização da crise e um retorno dos custos dos empréstimos de Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACCs) aos níveis vigentes antes da crise financeira global. "Caso isto não ocorra, a única saída será a do pedido de recuperação judicial (concordata), alternativa que está sendo utilizada por algumas empresas." Ele acredita que no curto prazo mais de uma dezena de usinas poderão utilizar este instrumento, se não houver um retorno da liquidez.

Ele disse também que nos últimos meses, para conseguir capital de giro, estas empresas anteciparam as vendas de estoques, principalmente os de etanol hidratado, mercadoria que tem maior liquidez no setor. Esta pressão de oferta impede que os preços do etanol hidratado registrem alta no mercado. A expectativa é de que os preços possam registrar uma ligeira recuperação a partir de janeiro. Pádua sinaliza que a saída para esta situação pode ser simples, na forma de Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) com menor custo ou de financiamento de warrantagem (estocagem).

Moagem

A Unica estima que 40 milhões de toneladas de cana deverão permanecer em pé ao final da safra 2008/09, em função principalmente das chuvas e da redução do número de usinas que entraram em operação. A moagem final do Centro-Sul deve ficar em 487 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.

Segundo o diretor técnico da entidade, a partir de agora a moagem deve ser residual e apesar da vontade de muitas usinas de continuar moendo na entressafra, o clima não está ajudando. "Muitas empresas que iriam moer na entressafra já estão voltando atrás, porque os custos não compensam".

Os número da Unica são inferiores à estimativa divulgada pela Datagro Consultoria, que prevê o processamento de 498 milhões de toneladas de cana e que apenas 20 milhões de toneladas deixem de ser colhidas.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG