Tamanho do texto

São Paulo, 25 - A moagem de cana-de-açúcar na Região Centro-Sul totalizou 2,86 milhões de toneladas na primeira quinzena de fevereiro, um crescimento de 10,85% em relação à quinzena anterior (segunda quinzena do mês de janeiro), quando foram processadas 2,58 milhões de toneladas de cana. No acumulado da safra 2009/10 desde abril até 15 de fevereiro, a moagem atingiu 532,47 milhões de toneladas, 5,98% superior ao volume processado no mesmo período do ano anterior, que foi de 502,41 milhões de toneladas.

As informações foram divulgadas hoje pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

Segundo a entidade, as condições climáticas menos adversas permitiram um aumento da moagem nessa quinzena, apesar da redução do número de usinas em operação durante um período em que, normalmente, ocorre a entressafra. No final de janeiro, 68 unidades continuavam moendo cana, número que caiu para 49 empresas no início de fevereiro. Na segunda quinzena de fevereiro, cerca de 40 usinas devem prosseguir com a moagem e quatro unidades produtoras que haviam encerrado a safra no final de 2009 já começaram a processar a cana da próxima safra (safra 2010/2011).

Apesar do crescimento da moagem, a quantidade de produtos disponíveis para a produção de açúcar e de etanol nessa safra permanece 1,79% inferior ao volume disponível no mesmo período da safra passada. Tal fato ocorre devido à menor quantidade de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) por tonelada de cana na safra 2009/2010, que até o momento é de 130,62 kg de ATR por tonelada de cana, 10,34 quilos inferior ao mesmo período do ano anterior, uma retração de 7,33%. Na primeira quinzena de fevereiro, a quantidade de ATR por tonelada de cana foi de 103,28 quilos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.