O Unibanco informou no início da noite desta segunda-feira, por meio de nota à imprensa, que a Unibanco AIG Seguros & Previdência é uma empresa independente e que está sob supervisão dos órgãos reguladores do Brasil. Acrescentou ainda que a seguradora não possui aplicações no exterior.

"As reservas técnicas, tanto de seguros como de previdência, estão aplicadas em títulos negociados no mercado nacional", diz a nota.

As explicações sobre a solvência da companhia brasileira ocorrem após o anúncio de que a American International Group (AIG), principal companhia de seguros dos Estados Unidos, irá buscar um empréstimo de US$ 40 bilhões do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), segundo a edição de ontem do jornal New York Times. A AIG tem uma participação de 50% na Unibanco AIG Seguros & Previdência. A outra metade pertence ao Unibanco.

A Unibanco AIG é independente e não sofre interferência dos resultados da AIG, acrescenta a instituição. Pelas regras do mercado segurador no Brasil, as empresas estrangeiras que atuam no País precisam ter uma operação independente, com garantias e reservas técnicas alocadas internamente.

A AIG nos EUA registrou perdas nos últimos meses devido à sua carteira de derivativos de crédito de títulos lastreados em subprime (crédito de elevado risco de inadimplência). As perdas aumentaram com o agravamento da crise do setor imobiliário norte-americano e com os prejuízos de sua carteira de investimentos e da unidade de seguro hipotecário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.