Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

União planeja mais três leilões de linhas de transmissão

SÃO PAULO - O governo federal vai leiloar em torno de seis mil quilômetros de linhas de transmissão somente neste ano, em quatro diferentes leilões. Até agora somente um deles foi realizado, em junho, mas quando foi vendido metade do total que será ofertado em 2008. Nesse leilão, as construtoras espanholas Isolux, Abengoa e Elecnor, sozinhas ou por meio de consórcios, arremataram quase dois terços do total de três mil quilômetros vendidos.

Valor Online |

O próximo acontece no dia 3 de outubro e serão ofertados 356 quilômetros em seis diferentes linhas que ficarão nos estados do Piauí, Maranhão, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia e Pernambuco. A versão final do edital foi aprovada ontem pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Poderão participar empresas públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, e também fundos de investimento em participações (FIP). A previsão de entrada em operação comercial desses empreendimentos é de 16 a 24 meses após a assinatura dos contratos de concessão.

De acordo com nota divulgada pela Aneel, a principal mudança em relação às licitações anteriores é a inversão de fases, o que significa que a habilitação será feita apenas para as vencedoras. Na fase que antecede o leilão, serão exigidos apenas os documentos de inscrição e a confirmação da participação por meio do depósito das garantias financeiras.

Os outros dois leilões previstos para acontecer este ano são o do linhão do Madeira, com cerca de 2,5500 quilômetros e o das linhas que vão ligar as usinas de cana-de-açúcar que ficam no Mato Grosso do Sul e Goiás ao Sistema.

(Josette Goulart | Valor Econômico)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG